domingo, 7 de fevereiro de 2010

O Curioso Caso de Benjamin Button



Brad Pitt e Cate Blanchett estrelam o longa dirigido por David Fincher

Uma metáfora sobre o tempo, os desencontros, as mazelas humanas (“todos terminamos de fraldas”). Nascer e envelhecer é triste. Desenvelhecer, além de triste, é atípico, causa estranhamento. Carrega-se o fardo dos diferentes. Mas igual, quem é?
Tudo é efêmero, tal qual sucesso de bailarina. Parábola entremeada por fatos históricos. Como em Forrest Gump, a diferença traz um quê de inocência.

Postado no meu blog do UOL em: 19/01/09

Um comentário:

  1. Comentários recebidos:

    Serjones] [biscaldi@terra.com.br] [www.coracao-envenenado.blogspot.com]
    vi e gostei bagarai.
    16/02/2009 01:07

    [Sue Ellen ] [sueellen.cruz@gmail.com] [sueellencruz.blogspot.com]
    Ai quero muito assistir!!!
    04/02/2009 21:23


    [Daniela Ferrarini] [daniferrarini@terra.com.br]
    Oi professora, adorei o seu blog...No pouco tempo que tive pude ler muitos textos interessantíssimos. Confesso que, em algumas horas precisei consultar o dicionário, porque a senhora tem um dialeto bem amplo. Assisti Benjamin Button e achei uma lição de vida e amor...Muito boa a comparação. Parabéns por fazer um blog tão criativo e cultural. Beijos
    03/02/2009 09:56

    [Danilo] [danilo_bressan@hotmail.com] [http://danilobressan.blogspot.com/]
    Adorei 'Benjamin Button' e, claro, 'Forrest Gump'. Ambos são filmes que devemos entender e interpretar - claro, cada um de um jeito diferente. A diferença é que nos tira a sensação do 'saco cheio'... enfim. Mas, voltando a comparação, achei 'Benjamin' tão parecido com 'forrest' mas também, parecia que estava diante d'A metamorfose', do Kafka, em vários momentos do filme. :D Beijos
    31/01/2009 02:21


    [Rody] [rodrigomoliveira@gmail.com]
    As semelhanças de Benjamin Button com Forrest Gump podem ser explicadas da seguinte forma: o roteirista dos dois filmes é o mesmo! rs. Simples assim.
    20/01/2009 23:53

    [Mara De Santi] [maradesanti2@gmail.com] [www.espacejamentos.blogspot.com]
    Érika, acabei de ver o filme. Inevitável a comparação com Forrest Gump em vários momentos (meu filme preferido!), mas impossível não perceber as atuações perfeitas de Brad e Cate, a intensidade que a vida pode ter (se quisermos) e que tanto faz o sentido.. nós é que damos a direção. Vou postar sobre ele amanhã também. Bjs!
    20/01/2009 01:06

    ResponderExcluir