sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

A despedida de Lisboa

Viajar é bom; voltar é preciso. E difícil!
Quanta saudade deixa cada viagem! Certamente, uma parte de mim vive em cada lugar. Cada viagem me torna mais cidadã do mundo e o sentimento da SAUDADE - esta palavra tão portuguesa - toma conta de todo o meu ser.
Porque estar em outro lugar é ter saudade de meu Brasil, de minha casa, meus pais e irmã, ainda que, com o marido junto, seja bem menos doloroso. Saudade de meu cantinho encantado, de meu pequeno-grande pedaço de mundo que não posso levar todo comigo. E chegar é trazer a saudade de toda a experiência vivida.

Meu eu é
Cada pedaço de mim

Foi carregada de saudade que disse adeus a Portugal. Partiria de Lisboa para o Brasil no dia seguinte, levando as melhores lembranças.

E não contei tudo sobre essa viagem ainda, não... Falta escrever sobre o Porto. E falta falar mais sobre o Chile, viagem anterior. Me sinto tão plena de experiências para dividir a partir das viagens!

Para mim, não existe destino "tem que ir". A viagem simplesmente acontece. E pode acontecer ali do lado, sem precisar de um avião.

Comigo, viagem é magia. Quanto mais eu voei para mais longe, mais enxerguei a beleza de cada momento por perto. E só quero continuar.

Enfim, uma hora, tive de me despedir de Lisboa. Ou melhor, dizer até logo, pois sempre sonho em voltar.






Minha vontade de escrita está borbulhando com impulso próprio, meus posts portugueses não estão em ordem cronológica.
Ainda vou contar sobre o Porto!

* * *
Texto: Érika de Moraes
Fotos: arquivo pessoal de Érika & Ronaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário