quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Especial Tour Eiffel

O terceiro da série "7 looks e 7 cenários parisienses"

Em post mais antigo, descrevi o dia em que jantei na Tour Eiffel como o mais surreal de minha vida.
Quantas vezes este fato se repete em uma existência?
Desta vez, escolhemos reviver a experiência em um almoço. O segundo dia surreal de minha vida!

Para este dia, escolhi estrear oficialmente meu vestido Carmelina (eu só o tinha experimentado até então. Ele me confessou que se sentiu honrado com a estreia). Como estava friozinho (um vento gelaaaaaaaado de verão parisiense), o look começa com casaqueto. E, pelo menos nesse dia, meu pé teria de colaborar e abrir mão do Nikito hehehe... Para poder flanar, a solução foi uma sapatilha. Menos "caminhável" do que tênis, porém com um pouquinho mais de charme. Escolhi a preta ao arrumar a mala para combinar com mais coisas, no entanto, como o bico é meio fino (acho elegante, mas as arredondadas "abraçam" melhor o meu pé), o resultado foi uma unhazinha roxa (ce n'est pas grave, já está sarando). Mas vou defender a CS, eu é que nem percebo o tanto que vou flanando em Paris!




Pingente da Vivara encontrou sua Torre-mãe

Sempre melhor em boa companhia!!!



E desta vez contamos com fotógrafos profissionais no 58 Tour Eiffel para registrar os momentos do casal
Retornando do almoço, de barco - sob minha ponte preferida, Alexandre III

Sobre minha outra ponte preferida, Pont des Arts.
Non, mon amour! Não amarrei cadeado para você. 
Vai ter que continuar me conquistando a cada dia...


Point Zero de Paris! Onde tudo começa?

Berthillon: dois porque um é do meu amor, tá?!

E assim foi mais um dia especial em Paris.

Relembre aqui nossa primeira vez na Tour Eiffel.

Look: vestido e cinto Carmelina. Casaco Lucy in the Sky (by Gaby Sampaio). Sapatilha Carmen Steffens. Bolsa Check List. Óculos Dolce&Gabbana.

Texto: Érika de Moraes
Fotos: arquivo pessoal de Érika & Ronaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário