quarta-feira, 20 de maio de 2015

Gota da Vida - meu livro de contos


A viagem de hoje não é para um país diferente, mas um passeio pelas palavras.
Nasce o meu primeiro livro de contos, com escritos 'ensaiados' desde o início dos anos 2000, na casa dos meus vinte anos.

A coragem, a humildade e a necessidade de 'libertá-los' vem só agora. Coragem, porque semear gotas, nunca perfeitas, é o desafio de quem ama a escrita. Humildade, porque a escrita nunca é boa o bastante para 'ser levada ao mundo', exigindo que você a deixe viver, incompleta, em construção. Necessidade, porque as palavras precisam voar para que outras retornem a você.

E tudo isso pode se complicar um pouco quando a 'autora' de um livro estuda, academicamente, o conceito de 'autoria'. Quase paradoxal. Quase. Porque, parafraseando Dominique Maingueneau, há um 'nó borromeano' entre ser escritor e ser pessoa.

Teorias literárias ora pendem para o enfoque romântico (a obra nasce do sentimento de um autor), ora para um certo determinismo (tudo depende de uma época, das condições...). Ou pode haver equilíbrio: um pouco é do autor, outro pouco é do momento, do seu entorno. Um pouco é invenção, outro pouco é uma 'colagem' de experiências e observações, cujos ingredientes são misturados num liquidificador.

SOBRE O LIVRO
Gota da Vida
Autora: Érika de Moraes
Projeto gráfico: Canal 6 Editora
Diagramação e desenvolvimento da capa: Erika Woelke
84 páginas
ISBN: 978-85-919049-0-7
Bauru, 2015

SUMÁRIO:
- O vento soprou o tempo
- O marinheiro e a poetisa
- Gota da vida
- Repulsa e atração
- Meu mundo azul
- Depois do rodopio
- Diva pop
- A "mantissidão"
- Dois dias
- Instante
- Minicontos
- Alguns poemas

Facebook.com/LivroGotadavida

MATÉRIAS RELACIONADAS:

2 comentários:

  1. Professora, parabéns! Fiquei com muita vontade de ler cada página, que capa linda, um encanto! Desejo muito sucesso. Beijos e abraços

    ResponderExcluir