quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Piazzale Michelangelo em Florença

A quinta-feira, nosso quarto e praticamente último dia em Florença (no dia seguinte, seguiríamos para Veneza), foi movimentada.

Logo pela manhã, fomos à Piazzale Michelangelo, de táxi, porque era um local mais distante de nosso hotel. Vale muito a pena para apreciar, do alto, as melhores vistas de Florença.

Vista a partir da Piazzale Michelangelo, com destaque para a Catedral

Do alto da Piazzale

Voltamos a pé, aproveitando a descida para apreciar a paisagem. Paramos em uma capela antes de seguir até a Galleria dell'Accademia, para a qual tínhamos ingressos reservados.

Por perto desses caminhos

Basílica di Santa Croce: onde estão os túmulos de Michelangelo, Galileu, Maquiavel...

Da Galleria, seguimos para a Estação Santa Maria Novella, onde pegaríamos o trem para Pisa. Por isso, desta vez, o almoço foi bem rápido e pouco italiano, lanchinho do Mc.

Na volta, jantar na Pizzaria Il Giardino di Barbano.
As pizzas são perfeitas (amei a de vegetais) e há outras opções além da pizza e pasta. Passamos por ela despretensiosamente, pois ficava na rua do nosso hotel, e descobrimos que havia boas recomendações, inclusive com certificado de excelência do Trip Advisor.
Recomendo provar a "tantan soup", se quiser fugir um pouco das massas.

* * *
Para ver em Florença, na próxima vez:

Sempre fica algo para trás, não poderia ser diferente na bela Capital da Toscana.

(1)
A Farmácia Santa Maria Novella!
Vi a danadinha em um programa GNT Fashion assim que cheguei de viagem.
A farmácia, com jeito de perfumaria, é linda. Fica num antigo mosteiro e preserva a arquitetura original. Acima do belo teto, há toda uma estrutura de metal para segurar o telhado que, sem esse reforço, poderia cair. 
Muitas das plantas utilizadas nos produtos vendidos são cultivadas nos próprios jardins da farmácia, que também é responsável pela confecção das embalagens. Ou seja, produtos 100% made in Florença.
Brincadeira ou não, vendem uma pastilha “anti histerismo” (vá que ao menos seja relaxante).
A farmácia é responsável pela invenção do primeiro perfume à base de álcool, que foi um presente de uma nobre da Itália à França.
Perfumes da Santa Maria Novella aparecem em cenas de filmes, como um de James Bond.
Há também bonitos sachês para perfumar ambientes (Pot Pourri) e vasos decorativos com folhas secas, estes uma invenção dos monges, que ali armazenavam as ervas que não iriam utilizar e perceberam que o cheiro era bom.

Ei-la aqui no site. (estava perto e eu não sabia!)

(2)
Há um castelo lá para o lado da Piazzale Michelangelo, à margem direita do Rio Arno, o Palazzo Pitti, que, desta vez, não tivemos tempo (e pique) de visitar. A família Médici o comprou a fim de mudar-se do Palácio Vecchio - e construiu um acesso específico acima da Ponte Vecchio só para atravessar de um castelo para outro sem misturar-se com o povo na ponte "plebeia". 
Fica para a próxima! 

* * *
Logo mais, Veneza.

Texto: Érika de Moraes
Fotos: arquivo pessoal de Érikas & Ronaldo

Nenhum comentário:

Postar um comentário